Investigação

Cães não conseguem distinguir verde do vermelho

Cães não conseguem distinguir verde do vermelho

Um artigo científico publicado este mês na The Royal Society revela que os cães não conseguem distinguir o verde do vermelho. O estudo analisou a perceção de três de cores pelos cães e descobriu que estes possuem deuteranopia, uma forma de daltonismo que, à semelhança do que acontece nos humanos, faz com que estes não consigam perceber a diferença entre o verde e o vermelho.

De acordo com a investigação científica, realizada por investigadores do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Bari, em Itália, os olhos dos cães possuem dois tipos de células – um sensível à cor amarelo e outra sensível à cor azul – o que faz com que consigam percecionar o amarelo, o azul e as suas combinações.

Para chegar a esta conclusão, os autores do estudo utilizaram testes Ishihara, que apresentam uma série de círculos coloridos com diferentes números dentro deles e que são muito utilizados para detetar casos de daltonismo em humanos. No caso dos cães, foram usadas imagens de gatos a correr dentro dos círculos.

Os autores do estudo defendem que esta é a primeira vez que um trabalho científico descreve “um método que pode ser utilizado para determinar a perceção de cor no reino animal”. Saiba mais aqui.