Burnout

Burnout: 87% dos profissionais de saúde sentem-se exaustos

Burnout: 87% dos profissionais de saúde sentem-se exaustos

Um estudo realizado na Universidade do Oregon, nos EUA, revelou que 87% dos profissionais de saúde, de um total de 2000 pessoas que responderam a um inquérito, sentem-se “exaustos”.

Este nível de cansaço estende-se aos profissionais de medicina veterinária, devido às semelhanças de ambiente e de expectativas em relação a outros profissionais de saúde. De acordo com a Veterinary Team Brief existem cinco formas de evitar esta sensação de exaustão e cansaço.

1. Comunique com a sua equipa – De acordo com o site, um dos primeiros passos é investir na comunicação entre a equipa. “Identifique áreas de stresse e de má comunicação. Faça esforços para diminuir a comunicação negativa.” Habitualmente estes profissionais passam mais tempo com a sua equipa do que com a sua família, por isso devem fazer um esforço para trabalhar as relações com os seus colegas de trabalho;

2. Partilhe responsabilidades – Aumentar as oportunidades de trabalho autónomo é outro dos conselhos. “Partilhe responsabilidades consoante as forças e gostos individuais de cada um. Isto ajuda a criar um ambiente de trabalho mais vibrante, criativo e eficiente.”

3. Aposte no bem-estar no local de trabalho – A publicação refere ainda que é importante integrar atividades relacionadas com o bem-estar no trabalho diário. “Considere iniciar o dia de trabalho com exercício de alongamento com a sua equipa, ou vá caminhar durante 25 minutos com a sua equipa durante o horário de almoço.”

4. Identifique o que pode mudar – A exaustão pode também estar relacionada com a sua vida pessoal, por isso deve procurar “identificar mudanças passíveis de ser implementadas na sua vida profissional e pessoal”, refere a publicação. Procure ler livros que não estejam relacionadas com a sua vida profissional antes de dormir e tente encontrar tempo para não trabalhar.

5. Já pensou mudar de carreira? – Se as estratégias anteriores não forem suficientes para evitar a sensação de exaustão física e mental deve considerar, por exemplo, uma mudança de carreira. “A mudança pode ser assustadora, mas os efeitos da exaustão a longo prazo podem ser muito mais ‘caros’ do que a procura de uma nova posição ou carreira”, indica a Veterinary Team Brief.