Medicina Veterinária

Assembleia Municipal de Lisboa aprova recomendação para hospital veterinário solidário

Celebra-se amanhã (28 de abril) o Dia Mundial do Médico Veterinário.

O PAN recomendou esta semana à Assembleia Municipal de Lisboa a criação, em Lisboa, de um hospital veterinário ‘solidário’ dedicado aos animais de pessoas com “baixos rendimentos”. A ideia teve a aprovação da Assembleia Municipal com 38 votos a favor.

Inês Sousa Real, deputada do PAN e antiga Provedora dos Animais da Câmara Municipal de Lisboa, defende que um hospital solidário “pode ter efeito na medida em que vai apoiar famílias carenciadas e animais”. A deputada disse também que já contactou várias associações de defesa dos animais e a Ordem dos Médicos Veterinários (OMD), que concordam que existe uma “necessidade premente na cidade” por um hospital veterinário que responda às necessidades de pessoas com baixos rendimentos.

De acordo com a proposta do PAN, o objetivo é criar infraestruturas que permitam apoiar “as associações de proteção animal com sede na área do município, que não tenham por atribuições a prestação de cuidados médico-veterinários”.

Para além disso, o partido defende que a impossibilidade de aceder a cuidados de medicina veterinária pode levar os proprietários a abandonar os seus animais. Segundo Inês Sousa Real “não são raros os casos de animais perdidos ou abandonados na via pública que são recolhidos por residentes no município de Lisboa, antes de qualquer intervenção por parte da Casa dos Animais de Lisboa.”