Animais de Companhia

Apenas 6,3% do total de pesquisas de alojamento em Portugal foram feitas em hotéis que aceitam animais de companhia

Apenas 6,3% do total de pesquisas de alojamento em Portugal foram feitas em hotéis que aceitam animais de companhia

Em Portugal, apenas 6,3% do total de pesquisas do último ano foram feitas em hotéis que aceitam animais de estimação, segundo dados da Momondo. No portal da marca, entre 15 a 17% dos hotéis no País permitem o check-in com animais de estimação.

Numa altura em que os animais de companhia são cada vez mais vistos como parte das famílias, os seus donos investem de forma crescente nos seus cuidados e bem-estar. Esta situação começa a refletir-se também no turismo, pois há famílias que fazem questão de viajar com os seus animais de companhia.

Na vizinha Espanha, por exemplo, um estudo realizado pelo portal Escapadarural.com e citado pela publicação Animal’s Health, indica que as casas rurais que aceitam animais de estimação têm sido os mais procurados para o período de Natal, com uma ocupação de cerca de 74%, quatro pontos percentuais acima da média. Em Portugal, não foi possível apurar estes dados e verificar se existe uma relevância significativa.

Os números do estudo espanhol comprovam a tendência de humanização dos animais de estimação, sendo que 82% dos lares com cães consideram que tal os faz sentir como uma família. Além disso, 34% dos pais dizem que “o seu animal de estimação é o seu filho favorito”.

Dos millennials, 20% dizem que preferem cães a crianças e 26% dizem que, em algumas ocasiões, deixaram de sair para ficar em casa com o seu cão.

Os cães continuam a ser o principal animal de companhia em Espanha e tem-se verificado, também, um ligeiro aumento no número médio de animais por família, de 1,4 cães em 2018 para 1,8 em 2019.

Os dados portugueses podem ser encontrados aqui.