Investigação

FDA lança alerta para hormonas da tiróide presentes em rações

ração animal

A Food and Drug Administration (FDA), entidade responsável pela aprovação de medicamentos no mercado norte-americano, emitiu um alerta em relação às rações e outros alimentos para animais produzidos a partir de partes de esófagos de animais, referindo que podem conter hormonas da tiróide prejudiciais para os animais de companhia.

De acordo com o alerta da FDA dirigido a médicos veterinários, donos de animais de companhia e à indústria, o consumo deste tipo de rações pode levar os animais a desenvolver hipertiroidismo, uma doença rara em cães que é despoletada sobretudo pelo cancro da tiróide. O comunicado da organização refere que a exposição continuada às hormonas da tiróide pode causar danos no coração dos animais de companhia e, em alguns casos, levar à morte.

O alerta surge depois da publicação de uma investigação do Center for Veterinary Medicine, que analisou três casos de cães que revelaram sinais de hipertiroidismo. Os testes laboratoriais realizados no âmbito deste estudo mostraram que os animais possuíam níveis muito elevados de hormonas da tiróide, mas não tinham cancro da tiróide.

Depois de várias entrevistas aos donos dos animais, os investigadores concluíram que todos os animais eram alimentados com a ração ‘Blue Wilderness Rocky Mountain Recipe Red Meat Dinner Wet Food’ e depois de retirada esta ração da alimentação os níveis de hormonas da tiróide presentes no organismo dos animais voltou ao normal.

Depois de testar esta ração, a FDA confirmou que continha hormonas de tiróide ativas, provavelmente provenientes de partes de esófagos de animais usados para produzir a ração.